25.8.07

o quereres.

-
e onde não queres nada, nada falta, e onde voas bem alto eu sou o chão.
(...)
infinitamente pessoal, e eu querendo querer-te sem ter fim.

.veloso, o caetano.

2 comentários:

  1. e são tantos quereres, tantos dizeres, tantos calares.

    ResponderExcluir
  2. .

    bruta flor do querer

    .

    amor meu pra tu
    *=

    ResponderExcluir

- detalhe aqui.