14.2.10

toda essa simbiose.






todos os dias ele sentava no mesmo banco, 
pensando que o acontecia ali era verão.
a certeza habitava cada centimetro de coração.
o que ele não sabia, 
era que o olho dele seguia sempre para a mesma direção.
e que ali, era sempre outono.
mas um dia, 
naquele mesmo banco, 
seus olhos piscaram diferente. 
e ele olhou em outra direção.
e descobriu que depois de cada outono, 
sim, 
o que acontecia era verão.






14 comentários:

  1. sutil, calmo. Digno.
    Belo na simplicidade em transparecer as maninas.
    e REformular a rotina.
    amei.
    Lissa

    ResponderExcluir
  2. Lindo,mas confesso que tô cansado da tal 'simbiose',você tem aquela habilidade com as palavras que poucos eu vi usar,será anjo?! enfim,bela.
    abraço !

    ResponderExcluir
  3. Então...

    "Deixa que nesse verão
    Eu faço sol".

    [TM]

    Um suspiro, pela poesia que voa.

    Beijo, moça.

    ResponderExcluir
  4. cada nova descoberta é um novo mundo para nossos olhos...

    ResponderExcluir
  5. Florinha... sempre tão linda você!

    Eu publico... tenho 4 livros. Escrevo para jornais e revistas, fora outros blogs que me contratam.

    Meus textos são os que têm o ® do ladinho. Segurança autoral é tudo nesses dias! rsrsrsrs...

    Um beijo. Outro.

    ResponderExcluir
  6. Que lindas palavras *-*
    que seja sempre verão para onde vc olhar ^^

    bjus =*

    ResponderExcluir
  7. Lindooooo... este texto poético!!!
    Adorei!


    Beijos
    AL

    ResponderExcluir
  8. Suspirei incansávelmente com tanta doçura. Lindo, querida. Lindo mesmo.

    Um grande beijo ;*

    ResponderExcluir
  9. Olá Renata! Não vi um e-mail para onde contactar, por isso recorri a este espaço do comentário. Sou a Sónia, portuguesa, Tamborim, lembra-se? Fiz uma letra "Assalto no Rio", que vc ´me disse ter musicado, nunca cheguei a ouvir; enviou-me uma cassete com várias canções suas, de que gostei muito. Desculpe este desfiar de factos, mas tento que se recorde. A sua Mana mais nova (sinto-me tão triste por não me lembrar do nome dela), e eu conversávamos bastante via e-mail, e eu e vc chegámos a trocar mensagens também, há...talvez há uns 7 anos atrás??? Perdi o e-mail dela, escrevi mas penso que a mensagem não seguia, cheguei a telefonar para a Vossa casa em Minas Gerais. Hoje entrei num blog por mero acaso, e através desse blog entrei no seu... Penso que estarei a falar com a Renata certa, não estou? Por favor, o meu e-mail continua a ser tamborim@hotmail.com Dê-me notícias! Queria muito voltar a conversar consigo e com a sua Mana!Gente assim não se pode perder.
    Muitos beijinhos e espero que até breve,
    Sónia

    ResponderExcluir
  10. uma piscadinha pode mudar tudo... E tudo é uma questão de saber para e como olhar. bjs :*

    ResponderExcluir
  11. Por favor =/
    Me leva pra esse tal de verão.
    Meu inverno já se prolongou bastante.

    Sigo-te

    ResponderExcluir
  12. lindeza de lição...

    um bjão, bonita. :)

    ResponderExcluir
  13. estou te seguindo, para não mais te perder

    =)

    grande abraço,
    Geraldo.

    ResponderExcluir

- detalhe aqui.