2.8.10

Era como se os olhos quisessem segurar a lindeza do instante um bocadinho.

“ela é uma moça de poses delicadas, 
sorrisos discretos e olhar misterioso.
 ela tem cara de menina mimada, 
um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, 
um jeito encantado de ser, um toque de intuição 
e um tom de doçura. 
ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, 
uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. 
ela é intensa e tem mania de sentir por completo, 
de amar por completo e de ser por completo. 
dentro dela tem um coração bobo, 
que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. 
ela tem aquele gosto doce de menina romântica 
e aquele gosto ácido de mulher moderna.”
Caio Fernando Abreu

9 comentários:

  1. Como sempre, o Caio escreve lindamente.

    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  2. Caio Fernando Abreu é maravilhoso, adoro os textos dele! E esse não poderia ser diferente!
    Bejos

    ResponderExcluir
  3. Caio como sempre descrevendo o que sentimos!

    bjo ;)

    ResponderExcluir
  4. Minha flor, e por um minuto achei mesmo que tivesse sido escrito por vc...é quee ssa do Caio eu não conhecia, doce, sereno e macio, comotudo que vcescreve, daí a semelhança.

    Um beijo

    Erikah

    ResponderExcluir
  5. É lindo...mas será q isso é do Caio mesmo?

    ResponderExcluir
  6. penso que sim. você acha que não é?

    ResponderExcluir
  7. Dessas coisas que a gente acha, lê e encontra sempre um bocadinho da gente...
    Parece que nossa identidade tah espalhaada...

    Cheio de coisa boa por aqui...

    ResponderExcluir
  8. Adoro o seu canto e mesmo com frases curtas diz tanto... Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Esse texto, mesmo que já tenha visto em vários blogs com autoria de Caio, o conheço com a autoria de Paula Fernandes.

    Algumas vezes, já li a propria reinvidicando autoria do mesmo.

    Bjks

    ResponderExcluir

- detalhe aqui.